segunda-feira, 26 de setembro de 2016

JPOP Lolita - Waloli

Que o Japão é um país rico em cultura, todo o mundo sabe.
Mas você sabia que uma das coisas mais marcantes no japão são as roupas?

Sejam tradicionais como o kimono ou yukata (kimono de verão) até os mais interessantes estilos e visuais POP que se possa imaginar...
Claro que não é em todo o país que se pode encontrar um visual incrementado ou espalhafatoso aos nossos olhos (brasileiros). A maior parte do país usa roupas comuns como calças, camisetas, camisas, vestidos, etc., porém, seja qual for o seu estilo, o mais legal de tudo isso é que por mais que as pessoas estranhem ou não concordem com suas vestimentas ninguém vai te recriminar ou apontar o dedo, dando risadinhas nas tuas costas, o que importa é sentir-se bem com seu visual.

Em termos de moda, as grandes metrópoles japonesas, como Tóquio, estão sempre se inovando, inventando estilos diferentes e nada discretos para qualquer idade, mas principalmente entre os jovens.
Um dos looks mais usados pelas meninas é o visual Lolita que nada mais é do que um estilo bem delicado e chamativo pelas roupas caracterizadas como Boneca, tipo européia de porcelana. E até mesmo este visual tem suas sub-categorias como o Ghotic Lolita, Punk, Sweet, Waloli e outras.

A minha favorita é, com certeza, a waloli.
Mas o que é waloli?
A palavra waloli vem da junção de duas palavras: Wa que significa, em termos simples, típico do Japão. Seria o nosso equivalente "J" que usamos quando vamos falar sobre referências japonesas como J-Pop, J-Rock, J-Music, J-Style, etc.; e Loli que vem de Lolita, que vem do Inglês Dolly, que significa Boneca.
Então Waloli é nada mais nada menos que um visual que mistura o traje tradicional com lolita. A principal característica do visual waloli são as mangas longas usadas nos kimonos tradicionais. O Kimono é adaptado e incrementado com peças delicadas, com rendas e laços, crinolinas e apetrechos fashionistas tanto tradicionais como modernos.

O resultado é um look divertido e misto que traz um pouco da história japonesa por meio das roupas. ^^


quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Pessoa vs Cosplay

Quando eu estou de cosplay é muito freqüente eu ser abordada, seja em eventos ou mesmo na rua, por pessoas que já chegam falando comigo como se eu fosse mesmo a personagem que estou caracterizada.

Algumas pessoas chegam perguntando sobre a história do universo da personagem, elogiando, criticando e algumas até querendo tirar dúvidas sobre a vida pessoal de outros personagens do mesmo universo.
Sinceramente acho muito divertido essa interação que o cosplay me permite com as pessoas e tento, na medida do possível, sanar a curiosidade das pessoas que me abordam. Claro que algumas vezes, são coisas que ninguém tem a resposta, mas eu tento mesmo assim, porque sei que quando estou de cosplay as pessoas não me vêem como pessoa e nem sabem quem eu sou, mas enxergam o personagem. Isso é algo bem divertido, é parte de ser cosplayer e é muito gratificante perceber que meu cosplay está convincente aos olhos dos outros.
Por esta razão eu tenho o cuidado e carinho de me manter no papel para que a pessoa possa resgatar um pouco da fantasia de conversar com um personagem de maneira real e divertida. Considero esta a parte mais difícil, mas também a mais importante para a brincadeira dar certo.






 Agradeço a todos que também entram na brincadeira e interagem comigo de maneira divertida e respeitosa, como se eu fosse o personagem. ^^

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Cultura Kawaii - Lolita

Você conhece a cultura Kawaii?

Para aqueles que não conhecem a cultura japonesa, a palavra kawaii significa "bonitinho", algo gracioso e delicado. E a cultura kawaii propõe justamente essa maneira graciosa de ser e agir, não apenas externamente, mas sim tentando manifestar visualmente o sentimento de gratidão na forma do visual lolita.

E afinal, o que é lolita?

Lolita é um gênero da moda pop japonesa que surgiu em Tokyo, em meados dos anos 90. Como muitas pessoas pensam, a intenção desta moda é SIM parecer-se com uma boneca delicada e bonitinha, como aquelas de porcelana, pois a palavra Lolita vem de "Dolly", de "Doll", que significa literalmente Boneca, apesar de muitas meninas aqui no Brasil não gostarem do termo "Boneca", pois na cultura brasileira torna-se algo um pouco vulgar que remete a objeto de desejo sexual, o que não é a proposta desta moda. 

Inicialmente, as meninas japonesas queriam parecer-se com a Licca, uma boneca super famosa no Japão.
Fazendo um comparativo simples, porém não muito correto, a Licca é como se fosse a Barbie japonesa, por usar roupas da moda e sempre estar com um visual diferente para cada tipo de ocasião.

Então não é errado dizer que a moda lolita é caracterizar-se como uma boneca humana, porém isso dever ser considerado no sentido de beleza e delicadeza visual e de maneira alguma como um objeto sexual de desejo, ok?

E para divulgar esta cultura, aconteceu um evento super fofo da cultura Kawaii, o Mimi Party, que teve sua terceira edição, no dia 04 de setembro de 2016.

Clique na foto e vejam as fotos do evento! ^^


sábado, 10 de setembro de 2016

Gravação Programa Sabrina Sato

Esta semana foi a gravação do programa da Sabrina Sato.

Mais uma vez, só tenho a agradecer à produção, à Sabrina e aos convidados que nos receberam com muito carinho e cuidaram muito bem de todas nós.

O programa vai ao ar no mês que vem, em um especial para o dia das crianças.
Logo postarei a data. ^^

Clique na foto e confira as outras fotos desse dia! ^^

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Anos 80's

Muita gente diz que os anos 80 foram muito espalhafatosos e que tudo era extremamente exagerado.

Sim, era mesmo!

Mas isso não significa que tenha sido uma época ruim ou que a moda da época tenha que ser esquecida ou mesmo abolida do nosso figurino cotidiano.
Há bem pouco tempo atrás, cerca de um ano, a moda dos anos 80 voltou às ruas e tomou conta das grandes cidades com suas cores extravagantes, fluorescentes, brilhos, paetês, cinturas altas, polainas, tênis com luzes coloridas, enfeites de cabelo, brincos gigantes, acessórios exagerados e penteados cheio de estilo.

Eu, particularmente, adoro os anos 80 e simplesmente me identifico com o visual carregado da época, além das músicas e filmes entre outras mil coisas...

Para homenagear essa época divertidíssima, montei um visual inspirado na época com direito a make e cabelo!


*Make: Angelo Ferraz
Figurino e Cabelo: Sei

Licença

Licença Creative Commons
Os trabalhos deste site foram publicados com Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.